Notícia

Conasems: CRN-3 amplia diálogo com gestores municipais em saúde
img 13 jul/2022

Conasems: CRN-3 amplia diálogo com gestores municipais em saúde

Evento reúne aproximadamente 6 mil pessoas e é um importante espaço de discussão para inserção do nutricionista e da nutrição na saúde pública 

O Conselho Regional de Nutricionistas 3ª Região participa do Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), que acontece de 12 a 15 de julho em Campo Grande/MS, reunindo cerca de 6 mil pessoas.  

O regional, alocado no stand do Sistema CFN/CRN, além da abordar profissionais e gestores municipais em saúde, elaborou materiais digitais, como vídeos e infográficos, destacando o papel do nutricionista na atenção primária à saúde e nas redes de atenção à saúde, e dois banners: um reforçando que o profissional gera mais qualidade de vida para a população e economia para o munícipio, e o outro em apoio a implantação dos restaurantes populares em Mato Grosso do Sul.    

No evento, representando o CRN-3, a conselheira Osvaldinete Lopes, ressalta a importância do Congresso para os profissionais da nutrição. “Não só o nosso regional, mas o Sistema CFN/CRN está empenhado em divulgar o quanto a atuação do nutricionista nas redes de atenção à saúde é fundamental para o desenvolvimento da saúde na esfera municipal e estadual”.  

Rita de Cássia Bertolo, também conselheira do CRN-3, destaca: “o nutricionista e o técnico em nutrição no município estimula a promoção da alimentação adequada e saudável, e a prevenção de doenças relacionadas à alimentação e nutrição, dentre outros benefícios.”

Sistema CFN/CRN

O Conselho Federal e outros regionais distribuem panfletos sobre alimentação saudável e a defesa da atuação do nutricionista para a eficiência de ações, programas e projetos para saúde e segurança alimentar e nutricional.  

Conasems 2022

O evento conta também com a 17ª edição da “Mostra Brasil aqui tem SUS”, com a apresentação de mais de 300 experiências exitosas de Secretarias Municipais de Saúde. 

No congresso, estão sendo discutidos importantes temas para saúde pública, destacando a gestão municipal do SUS: fortalecimento da Atenção Básica, o SUS e a pandemia de Covid-19, financiamento e gestão, além de atividades paralelas sobre regionalização, assistência farmacêutica, saúde mental, judicialização e emendas parlamentares.

 

 

Texto e foto: Tersandro Vilela