Notícia

CRN-3 participa da campanha Você tem fome de quê?
img 28 mar/2022

CRN-3 participa da campanha Você tem fome de quê?

Em alusão ao Dia Mundial da Saúde e Nutrição, que será celebrado na próxima quinta-feira, 31 de março, o Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região (SP/MS) aderiu à campanha “Você tem fome de quê?”, promovida pelo Sistema de Conselhos Federal e Regionais de Nutricionistas (CFN/CRNs). Estão previstos, até o fim o mês, várias ações para divulgar o tema.

A iniciativa visa sensibilizar nutricionistas, estudantes de nutrição e técnicos em nutrição e dietética, a sociedade civil organizada e gestores para uma reflexão sobre o estado de insegurança alimentar de mais de 118 milhões de pessoas e dos cerca de 20 milhões que estão passando fome no país.

Para dar voz à campanha, o Sistema CFN/CRNs traz a música “Comida”, da banda Titãs, que leva entre os versos o mote para sensibilizar as pessoas sobre os problemas gerados pela insegurança alimentar no país. Entre as estratégias da campanha também está prevista a exibição de um filme publicitário de 45 segundos, que será vinculado no dia 28 de março nas redes sociais do CFN e Conselhos Regionais. 

Já no dia 31 de março, às 19h, o CRN-3 realizará um evento ao vivo no canal do youtube do regional, com a participação do nutricionista Élido Bonomo, presidente do CFN, a nutricionista Denise Meira, do Programa Mesa Brasil, do Sesc São Paulo, com moderação da conselheira Osvaldinete Lopes, disponível aqui

No mesmo dia e horário, o Museu Nacional, em Brasília, ganhará uma projeção mapeada em sua fachada com as peças da campanha e frases de impacto para chamar a atenção da sociedade brasileira sobre o grave problema de fome no país. A exibição está prevista para às 19h.

Números 

De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO/ONU), existem 811 milhões de pessoas no mundo passando fome. No Brasil, os últimos levantamentos realizados pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN – 2021), em cerca de 55,2% dos domicílios os habitantes conviviam com a insegurança alimentar (IA), um aumento de 54% desde 2018 (36,7%).

Em números exatos, 116,8 milhões de pessoas estão em situação de IA e 19,1 milhões em situação de IA grave. Porém, especialistas destacam que esse número já deve ser superior às 20 milhões de pessoas com fome no Brasil.

 

Atualizado em 1 de abril.