Notícia

26 de abril: Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial
img 26 abr/2021

26 de abril: Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial

 

Hoje é o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. A data tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico preventivo e do tratamento da doença. Segundo o Ministério da Saúde, os problemas cardiovasculares são responsáveis por aproximadamente 300 mil mortes por ano no Brasil.

 

O consumo excessivo de sódio é um fator agravante para a doença, representado não apenas pelo consumo de sal, mas também de alimentos industrializados, que perfazem boa parte do sódio consumido pela população.

 

“Através do sal, a ingestão de sódio se associa a doença cardiovascular e acidente vascular encefálico.  Quando o consumo médio é superior aos limites recomendados, acaba se mostrando um fator de risco para a elevação da pressão arterial e, consequentemente, da maior prevalência de Hipertensão Arterial, explica Priscila Moreira, Nutricionista e conselheira do CRN-3.

 

A recomendação máxima de sódio, que é também reforçada pelas mais recentes diretrizes da área de cardiologia, é de 5g de sal (NaCl) por dia (1 colher de café rasa), correspondente a 2000mg/dia de sódio. A ingestão média de sal no Brasil é de 9,3 g/dia (9,63 g/dia para homens e 9,08 g/dia para mulheres).

 

A Nutricionista fortalece a importância da data, reforça alguns cuidados que as pessoas devem ter para diminuir o consumo de sal e, assim, a prevenção da hipertensão. “Recomendamos o cuidado com a quantidade de sal consumida.Indicamos que seja feito uma dieta composta de alimentos naturais e minimamente processados, rica em frutas, vegetais, grãos e cereais integrais e lácteos e carnes baixo teor de gordura”, finaliza Priscila Moreira, conselheira do CRN-3.