Notícia

CRN-3 apresenta resultados dos Projetos de Fiscalização em 2019
img 02 dez/2019

CRN-3 apresenta resultados dos Projetos de Fiscalização em 2019

Evento em São Paulo reúne profissionais para discussões sobre atuação na área clínica

Nutricionistas de São Paulo se reuniram nesta sexta-feira (29/11) no Auditório da Faculdade das Américas para uma série de palestras sobre a atuação profissional na área clínica. No encontro, o setor de Fiscalização do CRN-3 apresentou as ações desenvolvidas em 2019 e os resultados das visitas realizadas em Consultórios, Equipes Multiprofissionais de Terapia Nutricional (EMTN) e Terapia Renal Substitutiva (TRS). O evento sediou ainda uma mesa de discussão sobre as diferentes abordagens nos Consultórios, além de palestras com informações de profissionais da área sobre a atuação em EMTN e TRS.

Na abertura do evento, Denise Hernandez, presidente do CRN-3, agradeceu a presença dos profissionais e reforçou a iniciativa da atual gestão em promover o aprimoramento técnico e a troca de experiências entre os profissionais. Dolly Meth Simas, vice-presidente do CRN-3 e coordenadora da Comissão de Fiscalização, enfatizou que toda a equipe do CRN-3 e os conselheiros da gestão presentes estão prontos para conversar com os inscritos para esclarecer dúvidas sobre a atuação profissional e as finalidades do Conselho.

Na primeira palestra do encontro, a nutricionista Lúcia Helena Bertonha, gerente técnica do CRN-3, apresentou alguns dos objetivos da Política Nacional de Fiscalização do Sistema CFN/CRN:

Buscar de forma permanente a qualidade dos serviços relacionados à Alimentação e Nutrição;

Orientar os profissionais para a melhoria contínua da qualidade dos serviços, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional dos indivíduos e da coletividade.

Fiscalização nos Consultórios

Lúcia Helena abordou ainda o panorama histórico dos projetos do Setor de Fiscalização do CRN-3, desenvolvidos nas últimas duas gestões do Regional.

O Projeto de Fiscalização em Consultórios surgiu após o recebimento de um grande volume de denúncias. Como resposta, intensificou-se as visitas fiscais para entender melhor essa realidade, de forma que os profissionais pudessem esclarecer suas dúvidas e receber as devidas orientações do conselho.

Em seguida, Raquel Marcelino Fernandes, Nutricionista Fiscal no CRN-3 há mais de 8 anos, fez uma apresentação sobre os resultados do Projeto de Fiscalização em Consultórios, lembrando aos profissionais que é fundamental informar ao conselho dados sobre os locais de atuação, inclusive o endereço dos consultórios e clínicas. “Dessa forma, os fiscais podem encontrar vocês. A visita tem cunho orientativo, queremos conversar e tirar dúvidas”, explica Raquel.  

Raquel ressalta que os projetos da fiscalização monitoram a evolução na realização das atividades obrigatórias do Nutricionista, e que esses dados subsidiam as ações futuras do CRN-3. Para conseguir estes dados, os fiscais aplicam um Roteiro de Visita Técnica (RVT), que neste caso é específico para os profissionais que atuam em consultório.

“Na visita, a gente pede um prontuário aleatório e avalia o passo a passo realizado na consulta: o diagnóstico, a orientação nutricional e a prescrição dietética”, informa Raquel.

O Projeto de Fiscalização em Consultórios de 2019 mobilizou 23 fiscais da Sede e das delegacias Regionais do CRN-3 em São Paulo e no Mato Grosso do Sul, com uma programação inicial de 541 visitas. A meta estipulada foi cumprida em 101%, com a realização de 542 visitas fiscais. Além disso, foram aplicados 538 RVTs, o que representa uma taxa de 99% de sucesso.